De trem pela Europa – de Berlim a Praga

Depois de cinco dias intensos em Berlim, nosso próximo destino era Praga. Enfim veria os telhados de Praga em sua cor natural, uma vez que quando fui a primeira vez, a cidade estava coberta por muitos centímetros de neve. De Berlim a Praga, o trem apareceu como o meio de transporte mais fácil e em conta. A começar pela estação central de Berlim: Hauptbahnhof.

Hauptbahnhof - Berlim

Hauptbahnhof – Berlim

Comprei as passagens diratamente no site da DB Bahn. Hauptbahnhof mais parece um shopping! Arquitetura super moderna, são cinco andares com inumeras lojas e restaurantes. E como tudo o mais em Berlim, descomplicada.

Estação Central de BerlimEstação Central de Berlim

Estação Central de Berlim

Estação Central de Berlim

Estação Central de Berlim

Mas como eu sempre digo, trem me deixa um tantinho tensa. A gente precisa se certificar de onde é a plataforma, e estar lá com uma certa antecedência, para na hora da partida poder entrar, procurar seu assento ou cabine com calma e acomodar a bagagem. E cada trem é diferente do outro. Depois que a gente se acomoda, aí sim, é uma beleza. Então, antes de mais nada fomos no bureau de informações e claro,  a plataforma era exatamente onde dizia a passagem. Estávamos bem adiantadas (como sempre) e fizemos um bom lanche em uma das inúmeras lanchonetes para nos despedirmos das delícias alemães.

Lanche antes de embarcar no trem para Praga

Lanche antes de embarcar no trem para Praga.

Lanche bem vindo já que iríamos embarcar em plena hora do almoço. Seriam quase 5 horas de viagem. Fomos então  para o subsolo, de onde partem os trens para Praga.

Hauptbahnhof - subsolo - plataformas

Hauptbahnhof – subsolo – plataformas

E como fazem de tudo para facilitar a vida das pessoas, achamos esse gráfico para encontrarmos mais facilmente o lugar para esperar exatamente o nosso vagão. De acordo com o número do vgão, há marcações no chão. Ou seja, na hora que o trem chega, a gente não precisa ficar procurando o número do vagão no meio de zilhões de pessoas e suas respectivas malas.

Gráfico para saber onde esperar o trem - Hauptbahnhof - Berlim

Gráfico para saber onde esperar o trem – Hauptbahnhof – Berlim

Pontualmente o trem chegou, e pimba! Nosso vagão parou exatamente em frente a nós e logo achamos a nossa cabine. Todas as vezes que viajei no leste europeu o trem era assim. Três assentos contíguos de frente para três acentos contíguos. A primeira vez foi de Salzburg extamente para Praga. Contei aqui

Interior da cabine do trem de Berlim a Praga

Interior da cabine do trem de Berlim a Praga

O bagageiro fica bem acima dos bancos. Ou seja, viajar leve é recomendável. Levantar uma mala de 20 kilos requer mais que habilidade. Nesse quesito prefiro os trens que tem bagageiros em cada vagão, logo na entrada, como o Eurostar ou o Thalys . Embarcando antes a gente consegue colocar a mala no “térreo”. Se não tiver forças para colocar a mala lá em cima, a solução é embaixo do banco, mas a malinha não pode ter mais de 23 cms de largura para poder entrar deitada. A mala não pode ficar zanzando pela cabine durante a viagem, pois não há espaço suficiente para as pernas.

Bagageiro - trem Belim - Praga

Bagageiro – trem Belim – Praga

Durante a viagem, o trem faz paradas e a cabine pode encher e esvasiar de acordo com os passgeiros que entram e saem. Algumas pessoas tem o assento reservado para o trecho que compraram. E com certeza essa viagem merece uma janela!!! A saída da Alemanha é uma continuação de paisagens de contos encantados.

Viagem Berlim - Praga

Viagem Berlim – Praga

A estrada de ferro vai margeando o rio e a sequência de visões é de cair o queixo.

Viagem Berlim - Praga de trem

Viagem Berlim – Praga de trem

Viagem Berlim - Praga

Viagem Berlim – Praga

Com uma paisagem dessas a gente nem precisa de um bom livro para não ter que ficar olhando a pessoa à sua frente. Embora durante a viagem seja legal socializar. Encontramos uma checa que até nos ensinou algumas palavras em checo.

Algumas construções na estrada denunciavam que estávamos entrando na República Tcheca.

Viagem Berlim - Praga

Viagem Berlim – Praga

Algumas paradas depois estávamos chegando a Praga.

Viagem Berlim - Praga

Viagem Berlim – Praga

Viagem de trem Berlim - Praga

Quase chegando, a visão eram campos e campos amarelinhos!

Viagem Berlim - Praga de trem

Viagem Berlim – Praga de trem

Antes de cinco horas de viagem chegávamos à estação de Praga.

Estação de Trem de Praga

Estação de Trem de Praga

Uma estação sem dúvida mil vezes mais moderna e acolhedora do que aquela que encontrei em janeiro de 2010 no meio de uma nevasca, às 11 da noite, completamente assustadora. Colorida, moderna e ampla. Tudo sinalizado.

Estacao de Trem - Praga

Estacao de Trem – Praga

Tomamos um belo café e pegamos um táxi. 20 euros até o nosso flat: Oasis Prague Apartments foi a escolha mais que perfeita para aproveitarmos Praga. Localização, conforto e cozinha com frigobar. Assunto para o próximo post.

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebookwww.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

Para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

E veja nossa página no google.com/+CelinaMartins

Não se esqueça do seguro de viagem! Faz a cotação aqui. Leitor do blog tem desconto!

.Mondial

 

Pesquise e encontre seu hotel:


TicketBar

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos.
Estou no Google + – +
Celina Martins
-
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditTweet about this on TwitterEmail this to someone

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos. Estou no Google + - + Celina Martins -
Related Posts

3 Responses to "De trem pela Europa – de Berlim a Praga"

  1. Nilton Cinti says:

    Prezada Celina, muito bom seu blog, parabéns.
    Estarei indo para Rússia, e países bálticos e Alemanha em agosto/17;
    1- Tenho uma divida sobre Tallin, Riga e Viga, vou conhecer apenas 1, qual você me recomenda?
    2- tens um bom roteiro para a Alemanha ?

    Responder
    • Celina Martins says:

      Olá Nilton,
      Que bom que gostou do blog e super obrigada pela visita. Infelizmente na Alemanha só conheço Berlim e Potsdam. E também ainda não conheço Tallin, Rig e Viga. Mas tenho um projeto de conhecer Tallin e fazer a travessia de Ferry até Helsinky. Mas não posso te dar nenhum testemunho. Pelas minhas pesquisas Tallin é um pequeno sonho e o passeio de barco para a Finlândia uma bela experiência.
      Um abraço e boa viagem!

      Responder
  2. Eulalia Fernandes says:

    Fantástico, como sempre, Viajar através de seus olhos!!!
    Lindo post!

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>