De trem pela França – de Paris a Rennes

Av Champs Élysées - Paris Novembro 2013

Av Champs Élysées – Paris Novembro 2013

Na segunda parada de nossa trip De trem pela Europa, saímos de Londres a bordo do Eurostar, e chegamos à Paris para apenas um pernoite.  Nessa primeira etapa da viagem, nosso foco era conhecer o Mont St Michel.  Para essa única noite, resolvi testar um novo hotel. Pesquisando no Booking.com achei o Hôtel Vendôme St Germain.  E… que pena que só ficamos uma noite! A localização é ótima, numa rua tranquila a duas quadras do Quai de la Tournelle, que fica em frente à Île St Louis, ou seja pertinho da Île de la Cité, e de Notre Dame de Paris.

Hôtel Vendôme St Germain - Paris

Hôtel Vendôme St Germain – Paris (foto do site)

Hotel Vendôme St Germain - Quarto Twin

Hotel Vendôme St Germain – Quarto Twin

Os quartos são espaçosos, banheiro moderno, bom preço, camas sensacionais, chaleira, café e chá, e atendimento nota 10. E mesmo no outono, as janelas estão “bordadas” de gerânios, o que dá um charme todo especial .

Hotel Vendôme St Germain - Quarto Twin

Hotel Vendôme St Germain – Vista da Janela

Recomendadíssimo! Como eu disse, pena que ficamos muito pouco, já que em Paris, ficar no hotel é difícil. Partimos para a rua, e na margem do Sena, pegamos um ônibus normal para turistar.  

*assim que chegamos na Gare du Nord, compramos nas máquinas de auto-atendimento (as instruções estão em todas as línguas, para facilitar a vida do  turista) vários bilhetes de transporte que servem tanto para o metrô, como para os ônibus.

*para saber qual ônibus/linha de metrô, a melhor ferramenta é o aplicativo da RATP –  empresa de transporte público de Paris. É só baixar no seu smatphone.

Marché de Noel - Av  Champs Elysées

Marché de Noel – Av Champs Elysées

Era novembro, e como em quase todas as cidades da Europa, um belo Marché de Noel já estava montado ao longo da Av. Champs Élysées. Como domingo é difícil achar alguma coisa aberta em Paris em se tratando de comércio, foi exatamente o mercado de natal que nos entreteve até a noite.

Gare Montparnasse - Paris

Passageiros esperando a plataforma aparecer no quadro -Gare Montparnasse – Paris

Na manhã seguinte, madrugamos e fomos para a Gare de Montparnasse de onde sai o TGV – Train à Grand Vitesse – para Rennes.  Madrugamos, porque apesar de eu conhecer a estação, eu nunca havia pego um trem por lá. E Rennes? Por que Rennes? Simplesmente porque queríamos fazer a viagem sem correrias, e Rennes tem um charmoso centro histórico. Além disso, fica a pouco mais de um hora do Mont St Michel.

Viajando de trem na França

Eu gosto de viajar de trem, mas confesso, que ficar esperando o “meu trem” aparecer no quadro de avisos, para saber de que plataforma ele vai sair, e daí sair em  disparada para encontrar a dita plataforma, me deixa um pouco apreensiva…  

Quadro de partidas - Trem/Destino/Horário/Plataforma

Quadro de partidas – Trem/Destino/Horário/Plataforma

Essa foto está em zoom máximo! Acompanhar de longe a plataforma aparecer me deixa tensa!

Em Montparnasse, a plataforma só é mostrada ao lado do destino do trem, nos quadros de partidas, vinte minutos antes da partida (Voie = Plataforma). É lógico que é mais do que suficiente, mas eu prefiro me familiarizar com a estação, saber onde ficam as plataformas antes da hora H e saber exatamente para onde me dirigir, principalmente em estações grandes. Ainda mais se vou pegar uma enorme composição como o TGV com zilhões de vagões, pois a gente ainda precisa encontrar qual é o nosso! Com exceção da plataforma, todas essas informações vem escritas na passagem.

Onde comprar os bilhetes para viajar de trem na França

Eu comprei todas as nossas passagens, ainda no Brasil, sentadinha no sofá, pela Internet no site da SNCF, a companhia de trens da França. É possível mudar o idioma para inglês e espanhol no canto superior direito.

Email de confirmação SNCF - bilhete de trem

Email de confirmação SNCF – bilhete de trem

O site é absolutamente seguro. Escolhendo receber o bilhete na sua caixa de e-mail, depois de efetuar o pagamento com o cartão de crédito internacional,  você recebe um e-mail com sua passagem em anexo, é só imprimir. Adoro imprimir passagens!

TGV Interior -  França

TGV Interior – França

Como é a viagem no TGV

Assim que se entra no trem, o importante é achar um lugar para sua mala no bagageiro, que fica logo na entrada do vagão. Digo isso, porque quem chega primeiro, coloca sua mala no “térreo”, e quem vai chegando depois tem que fazer alguns malabarismos para achar um lugar para sua mala, principalmente se ela for grande. Ponto para quem viaja leve.

Uma vez dentro do trem, com sua bagagem devidamente acomodada, a viagem é uma delícia! Os assentos são confortáveis e o trem é silencioso. Há assentos lado a lado, com mesas no encosto da cadeira da frente, e os agrupados em 4, com uma mesa dobrável no meio. A escolha do assento é feita na hora de comprar a passagem.

TGV Interior -  França

TGV Interior – França

Há um vagão-bar, onde é possível comprar lanches e bebidas e trazê-los para fazer sua refeição confortavelmente no seu assento.

Em pouco mais de duas horas, em uma manhã de segunda-feira, estávamos chegando a Rennes. Expectativas a mil! Uma nova cidade inteirinha para descobrir! Conto mais no próximo post.

Nosso hotel em Rennes? Ficamos no Mercure Rennes Centre Parlement.

Como pesquisar, e reservar seu hotel pelo Booking.com, neste post.

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebook: www.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

E para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

E veja nossa página no Google+ 

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos.
Estou no Google + – +
Celina Martins
-

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos. Estou no Google + - + Celina Martins -
Related Posts

3 Responses to "De trem pela França – de Paris a Rennes"

  1. Patricia says:

    Viagem deliciosa!

    Responder
  2. Patricia says:

    Eu tambem estava lá! Muito bom!

    Responder
  3. Eulalia says:

    Já começou o meu sonho, novamente: acompanhar suas aventuras! Oba!

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>