Hotel barato em Amsterdam

Foram meses de planejamento para esta viagem que começaria em Amsterdam. Mas… durante o planejamento, o meu pobre dinheiro, todos os reais que eu tinha economizado para a viagem (que não seria pequena), foram ficando “abstratos”.  Cada dia que olhava o aplicativo de conversão de moedas no celular, tomava um susto, e cheguei a pensar em cancelar tudo. Graças a Deus não cancelei. Viajar ainda é o melhor investimento que eu conheço. Viajar aumenta a FIB “Felicidade Interna Bruta”.

Hotel Quentin Arrive - Amsterdam

Hotel Quentin Arrive – Amsterdam

No entanto, para que tudo coubesse no orçamento, tive que fazer vários ajustesa começar pelos hotéis. Ainda bem que o cancelamento na maioria dos hotéis no Booking.com é grátis. E foi no Booking que encontrei um hotel bem legal, preço ótimo, numa super localização, perto de Amsterdam Centraal (a estação ferroviária da cidade), onde eu cheguei e de onde partiria para Paris.

Amsterdam Centraal

Amsterdam Centraal

O Quentin Arrive já me conquistou pelo atendimento que tive antes da estadia. Como eu já conhecia Amsterdam, alguns de seus hotéis sem elevador, e respectivas escadas bem estreitas, escrevi ao hotel pedindo um quarto no primeiro andar. Não queria ter que subir três, quatro andares carregando minha mala e começar a viagem toda estoporada. O hotel estaria lotado e me ofereceram outro quarto em outro hotel da rede, mas como eu queria ficar perto da estação, não aceitei. Daí arrumei minha malinha de forma que eu pudesse pegar o necessário para as duas noites que passaria no hotel, e deixaria a mala na recepção.

Hotel Quentin Arrive - Amsterdam

Hotel Quentin Arrive – Amsterdam

Cheguei em Schiphol (o maravilhoso Aeroporto de Amsterdam) às 20:40 e de lá peguei o trem para a Centraal. Como sempre viajo com minha malinha de bordo, não tive dificuldades em ir andando até o Quentin Arrive, a 800 metros da estação.

Quentin Arrive - RecepçãoQuentin Arrive - Recepção

Quentin Arrive – Recepção

E quando fiz o check-in (falando inglês) o recepcionista gracinha, simplesmente pegou minha mala sorrindo e levou escadas acima até meu quarto no terceiro andar. Preocupação zero!

Quarto  - Quentin Arrive - Amsterdam

Quarto – Quentin Arrive – Amsterdam (fonte:Booking.com)

Quarto -Hotel Quentin Arrive

Quarto -Hotel Quentin Arrive

O quarto para uma pessoa é pequeno mas perfeito para mim, até porque o que eu menos fiz, foi ficar no hotel. Cama muito confortável, mesa, cabideiro, uma pia e um mega janelão.

Hotel Quentin Arrive - Amsterdam

Hotel Quentin Arrive – Amsterdam

Com minha cafeteira de viagem, fiz meu café da manhã, embora o hotel tenha o serviço. Os banheiros (dois no meu andar) eram fora do quarto, mas sem problema algum para um bom banho.

Vista do Quarto - Hotel Quentin Arrive

Vista do Quarto – Hotel Quentin Arrive

O hotel tem quartos para duas, três pessoas ou quatro pessoas com banheiros compartilhados ou privativos.  No meu caso – economia! – era compartilhado mas limpíssimo, parecido com o hostel que fiquei em Estocolmo, o Archipelago Hostel.

Quarto - Quentin Arrive Amsterdam Fonte: Booking.com

Quarto – Quentin Arrive Amsterdam (Fonte: Booking.com)

A localização é ótima mesmo. A rua é bem típica, com aqueles telhados super Amsterdam, é animada, tem restaurantes e comércio.

Jordaan map

Mesmo à noite me senti super segura para chegar ao hotel (eu estava viajando sozinha). Além disso é pertinho (duas quadras) do bairro delícia da cidade: Jordaan.

Jordaan - Amsterdam

Jordaan – Amsterdam

Enfim, é um hotel barato, sem frescura, totalmente “family”, com um ótimo atendimento e perfeito para dois ou três dias, quando a gente quer economizar no hotel e gastar nos passeios. Sabe quando a viagem é protagonista e o hotel coadjuvante? Super recomendado e voltarei a ficar nele feliz da vida quando voltar a Amsterdam, da qual vou falar muito nos próximos posts.

Alguma sugestão de hotel em Amsterdam? Conta pra gente nos comentários!

Para ver mais hotéis em Amsterdam, pesquise aqui: Booking.com/Amsterdam

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebookwww.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

E para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

TicketBar

Não se esqueça do seguro de viagem! Faz a cotação aqui. Leitor do blog tem desconto.
Mondial

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos.
Estou no Google + – +
Celina Martins
-
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditTweet about this on TwitterEmail this to someone

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos. Estou no Google + - + Celina Martins -

2 Responses to "Hotel barato em Amsterdam"

  1. Celina Martins says:

    Então não é Carla? FIB é mais importante que o PIB! ahahaha!

    Responder
  2. Carla Bueno says:

    Celina, rsrsrs rindo muito com a FIB, muito bom!!!!!

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>