mala de rodinha para voar low cost!

Volta e meia tem um leitor ou conhecido me perguntando ou procurando pela mala perfeita para as companhias aéreas de baixo custo. Ou simplesmente me perguntando sobre o quê e quanto se pode levar para a cabine do avião e principalmente: onde encontrar  A MALA!

Para quem está procurando uma malinha nas medidas exatas (e quase impossíveis) exigidas pelas  low cost, principalmente pela Ryanair, aí está uma boa opção:

Sansonite Spinner Earth (P)

A dificuldade de encontrar uma mala que se enquadre nessa  exigência (a de ser uma mala de bordo, bagagem de mão ou cabin bag aceita)   é que a maioria das companhias aéreas falam em um volume de 115cm, sem especificar as dimensões exatas. Além disso, a franquia de bagagem de cabine, varia de companhia para companhia, de vôo para vôo, e de classe para classe e de país para país, e isso, numa viagem à Europa por exemplo, pode dar muita dor de cabeça (e de bolso também) por causa de alguns míseros centímetros.

Easyjet

Em todos os aeroportos encontram-se esses “medidores” de bagagem de mão. Alguns centímetros a mais e lá se vão alguns reais/euros/libras.

Além disso, o número de malas extraviadas e/ou danificadas, e como a moda de cobrar uma taxa para despachar mala de porão está invadindo cada vez mais companhias aéreas, os passageiros estão caprichando na bagagem de mão, levando cada vez mais e mais para dentro das cabines. Isso acaba causando atrasos e verdadeiros engarrafamentos na hora do embarque.  Daí as regras para a bagagem de bordo, estão  ficando cada vez mais restritas (para gerar mais receita para as companhias):

“Europa: Vôos dentro da Europa usam o sistema de peso, variando o peso de acordo com a classe da passagem (super econômica, econômica normal, executiva básica, executiva normal). A classe econômica costuma ser 20kgs.
Se você comprou uma passagem de Vôo dentro da Europa, separada de sua passagem internacional Brasil-Europa, valerão as regras de cada país e companhia aérea. Se comprou junto com sua passagem internacional Brasil-Europa, valerão as regras da passagem internacional.

Ao comprar a passagem, leia antes as regras de bagagem, para saber o peso, quantidade e valor da multa.

A EUROPA usa, na maioria dos países, o conceito de PESO, ou seja, paga-se o valor por kilograma excedido, variando de 10 a 30 euros por kilo. As companhias low-cost cobram não apenas por peso, mas também por volumes extras. Se viajar com mais pessoas, é permitido somar a quantidade de franquias.

Multa: as multas são por WEIGHT CONCEPT – veja no site da companhia aérea quanto custa o kilo excedido.

As variações são tão grandes que podem afetar o preço final da passagem, por isso certifique-se antes de viajar ou leve pouca bagagem. Swiss | | Iberia cobra por peça a mais: 2 mala: 50 euros (via site); Excesso de peso: 60 euros | KLM cobra por peso extra | Swiss: por peso |Tap: por peso (mais barato se comprar pelo site), variando de 5 euros a 20 euros dentro da Europa por kilo. | Lufthansa: por peso, de 5 a 10 euros.

Além da restrição de peso (no Brasil o máximo permitido pela legislação é de 32 kg, mas a aviação internacional e companhias aéreas tem outros padrões e limites), há restrição no tamanho das bagagens (dimensão:(A + B + C) = 158 cm), por isso há uma atenção especial em relação a grandes eletrodomésticos e eletrônicos, equipamentos de esporte, etc…

Mala de Mão (Bordo): 115 cm total.

British: 56cmx45cmx25cm (imagem).
Iberia: 55cm x 40cm x 20cm, 10kg.
Tap: 55cm/40cm/20cm, 6kgs.
Jal: 55cm(L)x40cm(A)x25cm(P), 10kgs.
Lan Chile: 55x35x25, 8kgs.
United Airlines: 23 x 35 x 56 cm.
Lufthansa: 55 x 40 x 20 cm, 8kgs.
Alitalia: 55cm x 35cm x 25cm, 8kg (NOVO PESO)
Bagagem despachada: 158cm. Jal: cada 158, mas as duas não podem passar de 273cm. Máximo para excesso de volume: 292cm. Acima disso, provavelmente não será embarcado.” 
fonte: http://viagem.decaonline.com/

 

Na prática, o difícil é encontrar a mala perfeita para tudo: para o bolso, para as cias lowcost, para bagagem de mão de voos internacionais e principalmente que não desmaie se abrindo inteira, quando alguém do security resolve revolver a sua malinha (a minha é mais ou menos assim, dividida em dois compartimentos, quando preciso abrir por qualquer motivo no aeroporto ou na rua, ela se multiplica em duas partes).

Ou são pesadas demais, largas demais ou só tem 2 rodinhas ou pior, caras demais!

E eu  estava procurando mais uma vez,uma mala que cumpra todos os requisitos,  procura esta que começou na viagem de volta de Dublin, quando a malinha de Carol foi congada pela Ryanair, e nos custou 35 euros de multa e castigo, fora  a possibilidade de perder o Easybus, previamente agendado e pago (outro prejú), que nos levaria do aeroporto de Stansted para Baker Street (central London). Por perder o ônibus, leia-se ficar esperando a mala nas esteiras do aeroporto. E por congada, leia-se não entrou na gaiolinha que mede a bagagem. Essa aí da foto.

Para entrar, deslizando nesse engradado, não basta ter 115 cms no total. E o principal problema é encontrar uma malinha de cabine que tenha só 20 cms de largura.

A grande maioria das malas tem 24, 25 ou 26 cms, mesmo sendo menores no total. Meus amigos acabaram comprando malas de porão em todos os vôos, o que custou 30 dinheiros por trecho = 90 no total!

Então a única maneira de se ter certeza que a mala vai entrar em qualquer lugar, é levando a velha e boa fita métrica para a loja de malas, pois mesmo pesquisando na internet, as medidas não batem com a realidade.

As medidas da  Sansonite Earth, que estão no site por exemplo, são 55.00 x 35.00 x 24.00, sendo assim já estaria reprovada, mas na realidade, tem exatos 20 cms. É lógico que tem que ser na base do saquinho a vácuo e nem pensar em usar o bolso. Mas para viajar de trem por exemplo, pode-se usar o expansor e o bolso.

Não é barata,  mas pense na economia de pular de país para país por poucas libras ou euros. Vale muito a pena. E se passa na mais rigorosa e mão de vaca das cias low cost, entra em qualquer outra cabine de qualquer outra cia.


Essa abertura frontal  facilita muito o interminável  tira e põe no security (raio x ). Lembre-se que se você estiver levando algo eletrônico (câmera, notebook, celular, etc) e líquidos (aquele saquinho com ítens de higiene pessoal) tem que mostrar tudo fora da mala e depois colocar tudo dentro de novo para passar pelo portão de embarque e aquelas malas de abrem em duas partes, não são nada práticas.

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses em Londres, quando aproveito para viajar pela Europa, e seis meses no Rio de Janeiro, quando planejo as próximas viagens.

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses em Londres, quando aproveito para viajar pela Europa, e seis meses no Rio de Janeiro, quando planejo as próximas viagens.
Related Posts

46 Responses to "mala de rodinha para voar low cost!"

  1. Paulo Rosa says:

    Querida, teria como me informar o tamanho do bagageiro na estação de trem em Florença e a cobrança de 5 euros nas primeiras 4 horas é por volumes ou por armário.

    Responder
  2. Camila says:

    Olá!

    E este modelo?

    http://www.bagaggio.com.br/produto.asp?produto=mala-samsonite-racer-spinner-com-giro-360-bordo-vermelha&vitrine=maisvendidos

    Tá bem difícil achar a outra da Samsonite!

    Abraços e parabéns pelos esclarecimentos!

    Responder
  3. MALA DE RODINHA E NÉCESSAIRE | Viagem pela Europa – compartilhando os detalhes… says:

    […] outros países, é quase a mesma coisa com exceção do Landing Card. Sapecam o carimbo e pronto!A malinha (de cabine). Item indispensável e de suma importância, se quiser viajar low cost mesmo. Vi de tudo nos […]

    Responder
  4. Eulália says:

    Nossa! Que rapidez na resposta! =)
    Muitííssimo obrigada pelas dicas! Vou verificar este detalhe!
    Mais uma vez, parabéns!
    Amo seu blog!

    Responder
  5. Eulália says:

    Olá! Ameeei seu post! Super completo! Mas ainda estou com uma dúvida. Parece meio idiota, mas não consigo encontrar… Talvez possa me ajudar: para medir a profundidade da mala. A gente deve medir apenas a parte da mala (vi na foto que foi assim que você fez, mas preciso ter certeza) ou eu tenho que contabilizar aquela desnível que é causado pelo puxador da mala também? Porque aquilo ali já dá uns centímetros a mais…
    Vou fazer vários voos pela Vueling e como o máximo de profundidade permitido por eles é 20cm, e a mala que encontrei tem essa profundidade (só a parte da mala), eu fiquei na dúvida.
    E como é feita a conferência por eles? Eles têm uma gaiolinha, como na Ryanair? São muito rígidos? Minha maior mesmo são as medidas, porque o peso eu irei controlar..
    Muito obrigada!

    Responder
    • celmartin says:

      Olá Eulália,

      Bem vinda! Eu sempre conto com o desnível, pois o problema é quando eles pedem para colocar a mala numa gaiolinha que serve como padrão. Se a mala empacar por causa dessa “protuberância” eles tem o direito de cobrar a mala de porão. Isso já aconteceu com a mala da minha filha, e tivemos que pagar 35 euros!!! bem ali no portão de embarque! Dê preferência à mala que tenham o sistema do puxador embutido. Perde-se um pouco de espaço, mas as medidas da profundidade são extas. Ná prática, já vi todo o tipo de mala passar, mas se algum funcionário resolve encrencar. No post do link abaixo conto como aconteceu. Boa viagem!!

      http://wp.me/pIXYE-wH

      Responder
  6. Patrícia Alves says:

    Olá
    Eu adorei o seu artigo, queria saber mais sobre este tema foi muito útil.., eu encontrei um site que menciona que a mala respeita as dimensões da IATA – Dimensões: :38.5 x 20.0 x 55 cm, posso ficar descansada certo? https://travelandbusinesstore.com/pt/component/virtuemart/?page=shop.product_details&category_id=106&flypage=flypage.tpl&product_id=634

    Obrigada :)

    Responder
  7. Bruno Barreto says:

    ahushaus.. então, como agente costuma dizer por aqui, estou mais ou menos enrolado!! Sou nordestino, mais precisamente da Bahia.. 21*C e eu já estou batendo o queixo!! Fora que com qualquer variação brusca de temperatura, minha garganta inflama, gripo.. uma beleza!! hehe .. Será uma experiencia interessante!! rss.. Mas depois de alguns conselhos, incluindo o seu, já comecei a procurar algumas roupas quentes, agora mais intensamente.. rs, já que a última que comprei deve ter no mínimo uns 6 anos e é tão grossa que por pouco não é transparente.. rss ..

    Responder
  8. Bruno Barreto says:

    Olá Celmartin,

    Então, me desculpa, esqueci de colocar o nome da cidade. Eu vou para Newcastle Upon Tyne (estadia por 3 meses). Conhece? Tem alguma recomendação para me dizer de lá? rs
    Pois é, já me falaram mesmo que o melhor para se fazer é deixar para comprar essas coisas ae, mas o problema é que a libra esta qse 3 reais, dai fico com receio de deixar para comprar por ae e acabar gastando mais do que o normal. E no meu caso, cada Libra economizada é sagrada!! heheh.. Dai me falaram dessas liquidações de janeiro que comumente acontecem na Inglaterra e até mesmo na Europa. Então estou indo para lá nessa expectativa..

    Responder
    • celmartin says:

      Oi Bruno! Ainda não conheço, só conheço a Escócia. É claro que vai ter liquidações, ainda mais com a situação de crise. Mas traga pelo menos um bom casaco e roupas térmicas para segurar até vc encontrar o que quer, porque as previsões são de um inverno gelado. E no norte é mais frio ainda.

      Responder
      • Bruno Barreto says:

        Muito obrigado mais uma vez!
        Seguirei o seu conselho e providenciarei algumas roupas quentes para não passar apuros no inicio da minha estadia, além de deixar uma reserva extra para aproveitar essas possíveis liquidações em janeiro. De certa forma estou com “medo” desse inverno do norte da UK, li em muitos lugares que o inverno lá é bem rigoroso.
        Sucesso no blog!..

        Responder
        • celmartin says:

          Pôe rigoroso nisso, menino! O problema é o vento que é gelado, então, já venha com uma boa proteção. Um par de luvas, um bom cachecol, meias, um bom casaco, botas, e roupas térimicas (procure na Centauro ou na Loja de Inverno). Eu não sei ainda de onde você é, mas se você não é do sul ou de cidades de serra, não temos muita coisa parecida no Brasil. Eu adoro frio, mas não gosto de sentir frio. Qquer coisa… só perguntar!

          Responder
  9. Bruno Barreto says:

    Bom dia Celmartin,
    Antes de qualquer coisa, parabéns pelo blog! É realmente muito instrutivo! Ainda mais para marinheiros de primeira viagem como eu.
    Então, eu gostaria que me desse uma dica mais específica sobre bagagem de bordo. Eu irei para UK nesse final de ano pela air france e ao ler sobre bagagem de mão eles irformam que podemos levar 1 bagagem padrão (55x35x25) e 1 acessório (bolsa de mão, laptop, máquina fotográfica). Dai minha dúvida é a seguinte: Uma mochila pode ser considerada como acessório? A mochila em questão é essa: Sumdex Mochila p/ notebook 15.6´´ PON367BK.
    Muito obrigado.

    Responder
    • celmartin says:

      Tenho quase certeza que pode sim, Bruno. Eu já viajei com uma malinha, um mantô, uma bolsinha e uma mochila. Se não tiver nada gritando fora dois padrões de bagagem de bordo, pode sim. Boa viagem!

      Responder
      • Bruno Barreto says:

        Opa.. muito obrigado!!
        Agora viajo mais tranquilo.. já estava preocupado com essa questão de excesso de bagagem.. então será uma mala grande no porão e a bordo uma mala pequena (padrão) e uma mochila (acessório)..

        Outra coisa, se puder, tira uma dúvida minha que esqueci de perguntar anteriormente. Estarei indo para o norte da UK em janeiro, vc saberia me informar se é comum haver liquidações nessa época por lá? (Tipo casacos de frio, botas apropriadas para o inverno, eletronicos, essas coisas).. é que muita coisa vou deixar para comprar lá, só que como a libra está muito caro, estou com medo dos preços que irei encontrar por lá..
        brigadão..
        abraço

        Responder
        • celmartin says:

          Oi Bruno, norte de Uk, onde? O que posso te dizer é que por aqui (Londres) já está tudo com algum desconto, porque as compras de Natal estão um fiasco, tipo o pior Natal em trinta anos para o comércio. Então em Janeiro é bem provável que as liquidações estejam selavagens, mas no norte eu não posso te garantir, pois também já não há tanta escolha. No geral, casacos e roupa de inverno, se comparados ao Brasil são infinitamente mais baratos.

          Responder
  10. celmartin says:

    Olá Eduardo (de novo). Se me permite dar um pitaco, achei o peso da mala muito alto :4,28 Kg. Se você vai se deslocar muito, o peso também conta, principalmente na Ryanair, cujo limite é de 10 Kg e então você só pode colocar 6 Kg de roupa. Uma mala de 4 rodinhas também é legal pois ela entra deslisando em qualquer ônibus urbano e não cansa tanto pois em vez de puxá-la ela vai deslizando do seu lado (pitaco de quem já andou muito por estações de trem, aeroportos e tudo qto é tipo de lugar). abços

    Responder
    • Eduardo Ivo Colle says:

      Primeiramente MUITO obrigado pela resposta :)
      Então, eu preciso muito de uma ajuda, hehe, eu nunca viajei pra fora do continente, e na Europa, meu foco é aproveitar ao máximo cada país, e claro, com vôos low cost (como todo universitário :P).
      Eu cheguei a olhar essa Samsonite, mas além de ser cara, o tamanho P dela está esgotado em todos os sites que olhei.
      Além da Toni Star e dessa Toni Avalanche, você teria alguma dica de mala que eu posso levar?
      Uma amiga minha foi a Europa, e me deu a seguinte dica, na hora de embarcar, você coloca tipo, umas 4 -5 camadas de roupa no corpo e pesa a mala, depois quando chegar ao destino, ou mesmo depois no avião, você vai tirando e colocando na mala :P
      Mas eu realmente preciso de uma mala que se adapte, tanto a Ryanair quanto a Easyjet. pois vou fazer mais ou menos 12 vôos com essas companhias, porque saio de Porto e levo um montante de roupas, e só retorno ao Porto novamente para trocar as roupas e pegar as novas, depois de 25 dias de viagem :/
      Desde já Muito Obrigado pelas respostas ^^

      Responder
      • celmartin says:

        Olá de novo. Eu penei para achar essa Sansonite, que pena que está difícil encontrar. Eu tinha visto uma da Lansey, mas é maiscara ainda. Com 20 cms de prof eu também não tenho mais nenhuma para te indicar.

        Responder
  11. Eduardo Ivo Colle says:

    Olá, tudo bem, venho lendo seu blog há um tempo pra tentar me organizar pra minha viagem no final do ano, hehe.
    Vou passar dois meses na Europa, vou pra Porto(Onde deixarei a minha mala gigantesca que levarei do Brasil, na casa de uma amiga) e de lá pra Londres (Estou querendo saber qual mala/Mochila levar), e a partir de Londres fico 24 dias viajando, e TODOS os meus vôos são EasyJet ou Ryanair, e só agora que fui me atentar a essas medidas absurdas.
    PEsquisando, você deu uma dica da Tonin Star, eu não a encontrei, mas encontrei essa Tonin Avalanche P, gostaria muito de saber se com essas medidas 46x20x33 eu consigo embarcar ela como passagem de mão.
    Taí o Link da mala, http://www.citylar.com.br/Produto/Esporte-Lazer/Mochilas/Malas-de-Viagem/Tonin/Mala-Alasca-P-Preto-Tonin/889-926-1173-81062/?utm_source=Buscape&utm_medium=CPC_Esporte_e_Lazer_Buscape&utm_campaign=Mochilas&utm_content=Malas_de_Viagem&cda=0254-9AAF-F68D-AEEC

    Espero ansioso pela resposta, porque estou muito em dúvida com essa viagem.
    Obrigado.

    Responder
    • celmartin says:

      Olá Eduardo, que bom que o blog tem servido para pesquisar. É essa mesma a intenção. Em se tratando da Easyjet, a questão mala, em todos os vôos que eu fiz, foi mais tranquila. Eles sempre pedem para colocar tudo dentro de um único volume. Ou seja, nada de mala e mochila, ou mala e bolsa. Mas é a companhia mais tranquila em relação às medidas. Se não for uma coisa enorme, raramente mandam a gente colocar a mala na tal gaiolinha. que serve para medir o padrão aceito pela companhia. Já na Ryanair eles são mais ortodoxos. Já vi muita mala maior do que deveria, mas para evitar stress a mala “perfeita” tem que ter 50 de altura (já incluindo as rodas), 40 de largura e 20 de profundidade. Pela medida que você me passou, se os 33cms forem de largura e os 20 de profundidade, passa sim. A profundidade é importante, pois se eles pedem para medir (colocar no engradado) e a mala “entalar” eles cobram estra charge e despacham no porão.

      Responder
  12. Kel says:

    Oi Cel,
    Depois de passat alguns dias em Roma, pretendo visitar a Sicília – o meu verdadeiro objetivo em viajar para Itália. Para a ida e a volta, pensei em comprar as passagens na Alitalia. Estou um pouco confusa com tantas informações sobre os critérios de medidas das malas. Como eu devo proceder? Ah, parabéns pelo blog!

    Responder
    • celmartin says:

      Obirgada Kel, seja bem vinda. Olha, nas viagens internacionais, o limite de bagagem de mão varia de companhia para companhia. Tente verificar no site da Alitalia. Agora, se pretende pegar alguma low cost na Europa, as medidas são bem mão de vaca e as medidas são essas que coloquei no post. Se eu puder ajudar em algo mais… é só perguntar.

      Responder
  13. ragdollll says:

    Olá! AMEIIII seu blog! Me ajudou demais. Eu acabei de comprar a minha Samsonite Earth P, essa que você sugeriu. Em julho estou indo pra Europa e vou fazer uns 3 vôos internos por lowcost! Queria confirmar com você se vc já viajou mesmo com essa mala pela Ryanair e se não houve problema, pois estou pensando em levar apenas ela justamente pra não ter que pagar bagagem de porão. Bjos!

    Responder
  14. Karin says:

    Oi tudo jóia???

    Amei muito o seu Blog!!! Parabéns!!! :D

    Em Maio, viajarei para Londres, e é muito provável que eu voe com a Ryan air, mas antes de comprar a passagem, queria te perguntar algo::::após a compra da passagem ser efetuada no site, e após o o check-in online, ainda tenho q pagar alguma taxa no aeroporto? Pergunto isso porque no site da Ryan air não ficou claro para mim se o valor pago online, já inclui todas as taxas, inclusive as taxas aeroportuárias.

    Te agradeco e desejo muito sucesso!!!

    Até mais

    Karinkatura

    Responder
    • celmartin says:

      Olá Karin,
      Até hoje, após o chek-in online, nunca tive que pagar nada no aeroporto. Pelo que eu sei, só se você tiver perdido o cartão de embarque, é que sera cobrada uma taxa para reemissão do cartão.

      Responder
  15. Catarina says:

    Boa noite,
    Estive a ler as dicas e adorei, parabéns e fiquei em duvida, já viajei pela easyjet sempre com bagagem de mão, a tradicional mochila nunca tive problemas mas agr comprei uma nova para a minha próxima viajem que vai ser liverpool e barcelona pela easyjet, e na loja a senhora garantiu que a mala dava para levar na cabine acontece que depois de ler o post fui confirmar e as medidas e tem 55x35x25 sem contar com as rodas… mas com as rodas fica 59x35x25 e as medidas no site de esyjet são 56x45x25. Celmartin, que faço? adiciono bagagem de porão ou tento passar com ela no embarque?

    Cumprimentos,
    Catarina
    (Portugal, Lisboa)

    Responder
    • celmartin says:

      Seja bem vinda Catarina! Que delícia ter alguém de Portugal a ler meu blog! Se eu fosse você adcionaria bagabem de porão. Embora a Easyjet seja bem mais tranquila em relação à bagagem, se um funcionário cismar de medir sua bagagem na — gailoinha– você vai ter que pagar o dobro. São 11 euros e você fica tranquila para aproveitar sua viagem que é o mais importante. Um abraço.

      Responder
  16. Cmte_go says:

    Viagem e tanto! Pagamos para entrar de primeira em Londres, mas é dispensável; em Berlim foi desnecessário. A mala de mãos que usei foi uma Samsonite Winfield 31x55x23 – 3,5 kg, passou tranquilo na forma da easyJet. Em Londres, espaço com balanças grátis para aferição das malas; em Berlim, 1 euro p/mala, se precisar. Aqui vai uma dica: comprei hoje pela http://www.dealextreme.com/ uma balancinha eletrônica digital(1.5″ LCD Double Precision Portable Digital Eletronic Weighting Hook Scale – Silver (45kg Máx) item 39732 – só $-8.40 frete pago (junto com outras tranqueiras). Essa balancinha vai resolver o problema de equilibrar o peso já em casa ou no hotel – e pode ser um item indispensável para quem pretende voar pelas Cias aéreas Low Cost. Não acredite na propaganda da easyJet de q a bordo, tudo é mais barato “food”; é mais caro!; cadeiras fixas e, o resto, é suportável. Acho q foi aqui q aprendi sobre embalar as caças jenas enrroladas; em Berlim, pequei o saquinho dos absorventes do banheiro e encaixei as calças; ficou uma belezura!, a mala de mãos ficou q não cabia pensamentos (14 kg). Bem, espero ter ajudado com minhas informações e dicas, pois foi aqui, que pesquei várias dicas muito importantes para a minha viagem. Good luck at all.

    Responder
  17. rafael says:

    novembro agitado????

    VAI VIAJAR PRA ONDE?????????????? RSRSRSR

    bjs

    Responder
  18. Ludmila Diniz says:

    Olá,

    Meu nome é Ludmila Diniz, trabalho no departamento de Marketing do site Mundi, buscador de viagens especializado na comparação de preços de passagens aéreas e hotéis em mais de 30.000 destinos ao redor do mundo.

    Gostaríamos de convidar o seu blog, a participar do Mundinheiro. O Mundinheiro é o programa de afiliados que paga o maior valor por clique do segmento (R$ 0,30 no Clique Hospedagem, R$ 0,20 no Clique Passagem), além de ser possível ganhar pelos dois tipos de clique de uma só vez.

    Dispomos de ferramentas exclusivas e de fácil personalização, que se encaixam em qualquer tipo de conteúdo e agregam ainda mais valor ao site do afiliado.

    Para saber mais acesse o link http://www.mundinheiro.com.br/

    Aguardamos o contato e estamos a disposição para eventuais dúvidas e esclarecimentos.

    Atenciosamente,

    Ludmila Diniz
    Equipe Mundinheiro

    Responder
  19. Livi says:

    Como sempre ótimas dicas! Vc é PHD em viagens! Bjs

    Responder
  20. Vivi says:

    Estava mesmo a procura disso tudo o que vc falou. Obrigada por compartilhar.

    Responder
  21. Patricia says:

    Que aula mesmo!!!!!!!! beijocas

    Responder
  22. celmartin says:

    Gina, você não foi a única. Muita gente reclama que as malas voltam arrebentadas. E o pior, nem adianta reclamar!

    Responder
  23. Eulalia says:

    Que aula!!!
    beijos!

    Responder
  24. Gina says:

    Isso que vc falou é a pura realidade! As “malinhas” enganam e um centímetro a mais pode dar uma dor de cabeça enorme. Já a minha mala de porão “tão viajada”, foi completamente amassada, arranhada e vou precisar de outra na próxima viagem. Vou aposentar a coitada. E agora vou ter trabalho para encontrar outra do tipo BBB (boa, bonita e barata, kkk). Esses pesos estão encolhendo muito!!!
    bjs

    Responder
  25. cmte says:

    Bem, depois das voltas em Hasselt, Amsterdan, Antwerpia, Maastricht e Brugges, zarpamos para Brussels. De lá, via Eurostar p/London. Depois, vamos enfrentar a easyJet; postqrei aqui a experiencia com permissao dqs meninas legais.Go!

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>