Paris… minha emoção no último dia ao ver Paris lá do alto da Tour Montparnasse

Sim… chegando ao final dessa viagem deliciosa.  E ao escrever, quase sinto o vento gelado daquela tarde de primavera. Nesse dia, eu literalmente divaguei… Tínhamos chegado até ali, depois de dias e dias juntos e misturados, dormindo e acordando, correndo para pegar nossos vôos, nos horários mais loucos. Zigue-zagueamos pela Europa, indo no sul para o norte, dá península ibérica para a uma ilha e depois para a Escandinávia, e Paris seria nossa última cidade. A chegada de nossa maratona.

O dia foi um presente. Um céu azul de doer, a temperatura ainda pedindo um casaco e um cachecol… Cometemos um único erro! Não compramos nenhuma garrafa de vinho para um brinde, enquanto nos esparramávamos na grama. O sol se pondo e nós alí, num momento desses tão mágicos que a gente mal consegue respirar.

Me lembrei do dia em que, numa esquina, perto da Aliança Francesa, eu, Rafael e Clarrice, combinamos viajar juntos.

SAM 3047

Naquela época eu ainda nem tinha colocado meus pés na Europa.  Era só um sonho, um desejo lapidado durante anos e anos.

E lá estávamos nós…

SAM 3054

Mas o dia ainda tinha muita luz.

E eu não queria mesmo que ele acabasse.  Nosso destino? Ver as luzes da cidade luz se acenderem lá do alto. Do alto da  Tour MontparnasseConstruído entre 1969 e 1972. Com 210 metros e 56 andares, é o edifício mais alto da França.

E ver o sol indo embora, a noite chegando, as luzes e a Torre Eiffel começando a “glingnoter” é mesmo indescritível.

Por 11 euros, você pode ver Paris inteirinha…

E lentamente as luzes começam a piscar…

tour Eiffel vista da tour Montparnasse

E nós lá em cima, como crianças no fim do recreio. O sorriso nem cabia no rosto da gente.

SAM 3085

Paris é linda demais! Não dá para conter elogios!

Como se fosse um balé, o sol cai, o céu fica rosa,  as luzinhas vão pipocando aqui e alí, e num gran finale, a Torre se ilumina e começa a piscar.

tour Eiffel vista da tour Montparnasse

É Paris … A cidade luz se iluminando.

tour Eiffel vista da tour Montparnasse

E eu que viajo mesmo, fui tomada de uma felicidade completamente infantil.

Daí, um liláz tomou conta da paisagem e a cidade inteira acendeu.

Paris acendendo as Luzes vista da tour Montparnasse

Lá em cima, o vento é de bater o queixo. Mas vale cada tremelique…

O céu ainda estava azul “noite” quando descemos. Estávamos a dois passos do hotel, mas ainda queríamos mais.

Mais um busum, e chegamos ao Louvre, que nem precisa de todas as obras de arte para ser lindo!!

Louvre à noite

E assim, minha câmera (já quase sem bateria) encerrou esse meu último dia com esses amigos queridos. Em Paris. Era hora de voltar para o nosso hotel tudo de bom, arrumar minha malinha e voltar para Londres no dia seguinte. O hotel? Hôtel Mistral, onde Simone de Bouvoir e Sartre já se hospedaram.

Ju, eu e Rafael no Louvre à noite

Até!!!

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebook: www.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

Para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

E veja nossa página no Google+


Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses em Londres, quando aproveito para viajar pela Europa, e seis meses no Rio de Janeiro, quando planejo as próximas viagens.
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditTweet about this on TwitterEmail this to someone

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses em Londres, quando aproveito para viajar pela Europa, e seis meses no Rio de Janeiro, quando planejo as próximas viagens.
Related Posts

16 Responses to "Paris… minha emoção no último dia ao ver Paris lá do alto da Tour Montparnasse"

  1. Isabelle says:

    Nossa, que legal essa matéria!!! Estou indo em Maio e não vejo a hora de fazer esse passeio para ver a cidade do alto!!! Qual a média de temperatura nesse mês? :)

    Responder
  2. Jouber says:

    … Olá, estou na España já como disse há alguns dias.. heheheheh… muito bom aqui. vou pra Paris na terça dia 18.. gostaria de saber como é pra entrar lá, se tem imigração, essas coisas. e outra duvida, é onde tem lugar pra comer e comprar coisas (lembrancas) barato – tipo aquelas torrinhas de chaveiro e talz. obrigadoo.. teh mais.

    Responder
    • celmartin says:

      Olá Joubert!
      Na França nunca tive nenhum problema e não tenho notícias de amigos com nenhuma dificuldade.
      Para comer, Paris é uma festa = tem para todos os bolsos, e todos os gostos. De crepe de rua, a deliciosos paninis 4 queijos (franceses) a restaurantes chiquérrimos e cafés espalhados por toda a cidade. Também tem as redes Pain de Pomme que tem ótimos sanduiches com aquele pão especial.
      Para lembrancinhas, na rue de Rivoli, perto do Louvre, as lojas são especializadas nisso, chaveiro, bolsa, ímas, aventais, etc. Os preços não sao super baratos mas é mais ou menos o mesmo em toda a cidade.

      Responder
      • Jouber says:

        … noooossaaaa… paris eh tudo de bom… ja to de volta pro brasil… mas vai ser uma viagem que ficara pra sempre na memoria… muito bom msm. fui sozinho, mas encontrei dois brasileiros la, e aih foi muito legal. nao deu tempo de eu ver a sua resposta, mas deu tudo certo. comprei varias lembrancas. chaveiros, torres, e talz, mas comprei dos ambulantes. haushuahshas.. mas msm assim muito obrigado. quando eu tiver a oportunidade de voltar pra europa. volto ao seu blog pra ver de novo. hhehehe.. obrigadoo..

        Jouber Borba.

        Responder
  3. patricia says:

    Fotos e textos… WOW!!!!! Se prepare priminha que vem mais, muito mais!!!! Dá mais um beijo em Carol pela vitória.
    mil beijocas!!!!!!!!!

    Responder
  4. Gina says:

    É emocionante esse relato!A viagem, a amizade, a cidade, o clima especial que Paris transmite, é tudo de bom!Parabéns pelas belas fotos e pelo post. Um “happy hour” de viagem em Paris não tem preço. Bjs

    Responder
  5. uli says:

    Muuito legal! A viagem, o blog, a maneira de contar… fiquei fan. Que amizade legal, hein? adorei!

    Responder
  6. roberto says:

    muito obrigo por vc está contribuindo suas experiências de viagem conosco, pois esses post me ajudou a tirar minhas curiosidades desses paises, pois eu estou viajando para parís no dia 10 de dezembro.

    Responder
  7. kdkd says:

    Demais esse post! Mas ainda estou esperando por Amsterdam… Está no meu roteiro no início do ano.
    please!

    Responder
  8. Eulalia says:

    Nossa! Que grande final!!!
    Pelas palavras, pela foto, pela alma!!!
    Ah… eu quero mais!!!!!!!!!!!
    Ler você é ter momentos muito especiais!
    Parabéns, querida!
    beijinhos

    Responder
  9. Rafael says:

    A foto da grama é a melhor….ai ai…
    até ano que vem!

    Responder
  10. Livi says:

    Esse post está lindo e emocionante, como uma poesia. Me sinto como se tivesse viajado com vcs. Quem sabe um dia heim Cel. Bjs

    Responder
  11. Vivi says:

    Eu também estou emocionada. Você conta tudo com tanta paixão, que é difícil não se envolver. Amei essa sua viagem. Acompanho, mesmo quietinha, mas sempre acompanho. É inspirador. Obirgada por compartilhar, como você sempre fala.

    Responder
  12. Ju says:

    Celinaaa…lágrimas nos olhos lendo esse post!! Aliás, sempre me emociono lendo seus posts…parece que estamos lá novamente!!! Que dia maravilhoso!!
    Em contagem regressiva p/ a próxima viagem, se Deus quiser…e, dessa vez, com Clarrrice!!!!
    bjusss

    Responder
    • celmartin says:

      Querida, também chorei de saudade e de alegria de ter vivido essa viagem com vocês. Cada segundo foi de parceria, amizade e delícia!!
      Já estou pesquisando para a próxima! Vai ficar cada vez melhor!

      Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>