South Queensferry – uma cidade entre duas pontes

A primeira vez que ouvi falar em South Queensferry foi quando meu filho estava se mudando para Edimburgo e procurando um flat para alugar.  Sem conhecer nada da cidade, se encantou por um studio nesse prédio de 1641 (!!!) no centro de South Queensferry, que tem nome e história: The Plewlands House.

The Plewlands House - Queensferry

The Plewlands House – Queensferry

Apenas um detalhe: South Queensferry  não fica em Edimburgo. The Ferry, ou simplesmente Queensferry, como também é chamada, é uma cidade a nordeste de Edimburgo. De ônibus são uns 40 minutos para chegar nesse pedacinho de paraíso. Perto o suficiente para ir, passear, admirar a paisagem, tirar muitas fotos, almoçar ou jantar em um dos inúmeros restaurantes e pubs e voltar à Edimburgo. Ah! E dependendo da estação, fazer um belo passeio de barco por entre as pontes. Como chegar à South Queensferry? Mais para frente eu explico, assim como a dica de como chegar até a Forth Road Brige para poder caminhar a pé e até atravessá-la até North Queensferry.

Mapa Edimburgo - South Queensgerry - Google Maps

Mapa Edimburgo – South Queensgerry – Google Maps

South Queensferry é na realidade um cidade que fica no litoral sul do Firth of Forth. Firth é a palavra escocesa par definir alguns acidentes geográficos de águas costeiras. Algo como uma baía. Ainda estou tentando entender…

A cidade fica bem no meio de duas pontes, Forth Road Bridge,  onde circulam veículos motorizados e  há duas pistas de cada lado para pedestres e ciclistas (e claro é possível atravessá-la a pé!) e Forth Bridge, esta última só para trens e um ícone da Escócia.

Forth Road Bridge (esquerda) e Forth Bridge

Forth Road Bridge (esquerda) e Forth Bridge

O centro da cidade é minúsculo, praticamente uma única rua paralela ao litoral,  onde estão os restaurantes com vista para o mar e para as pontes, lojas, pubs e hotéis.

Orroco - South Queensferry

Orroco Pier Hotel – South Queensferry

A High Street é uma rua de paralelepípedos, com calçadas lisas e fácil de ser percorrida a pé até o local  de onde partem os barcos que fazem os passeios por baixo das pontes.

South Queesnferry - Escócia

South Queesnferry – Escócia

Eu simplesmente adoro essa pequenina cidade. E se em Edimburgo existe tranquilidade, a paz mora em Queensferry. Ok, talvez não no verão, mas todas as vezes que visitei o lugar, dava para contar as pessoas na rua.

Tolbooth - South Queensferry

Tolbooth – South Queensferry

Centro de South Queensferry

Centro de South Queensferry

Há intervalos entre as construções que permitem acesso à areia e a vista das pontes se descortina à sua frente!

High Street - South Queensferry

High Street – South Queensferry

Mas é claro que no verão toda essa calma deve ser esquecida… No entanto, agora no inverno é um reduto de paz e tranquilidade, perfeito para aquela caminhada diária. Aqui em Edimburgo, eu praticamente não repito paisagens para caminhar.

High Street - South Queensferry

High Street – South Queensferry

Forth Road  – a ponte que tem essas estruturas vermelhas, foi aberta em março de 1890 e tem aproximadamente 2.528 m de extensão. E quanto mais perto a gente fica dessa monumental ponte, mais impressionante ela se torna. Daqui de South Queensfery é possível ver (e fotografar) os detalhes.

Forth Bridge - passagem do trem

Forth Bridge – passagem do trem

Forth Bridge - Escócia

Forth Bridge – Escócia

Quanto mais seguimos pela High Street, mais nos aproximamos de sua estrutura. Há locais em que é possível descer até a areia e vê-la de outro ângulo.

Litoral - South Queensferry - Escócia

Litoral – South Queensferry – Escócia

Notaram a diferença de luz? Pois é. Aqui na Escócia é possível quem em cinco minutos, faça um céu azul turquesa, e o sol ilumina tudo, em seguida, uma nuvem cinza cobre toda a paisagem, pode chover e ventar muito e logo depois fica tudo lindo de novo!

Forth Road Bridge - South Queensferry -  Escócia

Forth Road Bridge – South Queensferry – Escócia

E indo quase até o final dessa rua, está o ancoradouro dos barcos que fazem os passeios pelo mar e passam pelas pontes. Esses passeios só começam em abril e não circulam durante o inverno.

South Queensferry - ancoradouro

South Queensferry – ancoradouro

the Forth Cruises - South Queensferry - Escócia

the Forth Cruises – South Queensferry – Escócia

Mas é possível fazer um outro passeio. Atravessar a ponte – Forth Bridge, que tem 2.512 metros de extensão. Eu ainda não atravessei até North Queensferry, fui só até a metade dela ao anoitecer.

Forth Bridge - via para ciclistas e pedestres

Forth Bridge – via para ciclistas e pedestres

E achei maravilhoso! Ok, estava ventando muito, mas não estava frio. E quando o vento escocês está a toda, tipo perigoso mesmo, eles anunciam no site e fecham a ponte até para veículos. Veja o site da ponte aqui.

South Queensferry - Vista de Forth Bridge

South Queensferry – Vista de Forth Bridge

Então vamos lá!

Como chegar a South Queensferry vindo de Edimburgo, de transporte público?

A maneira mais prática para o turista é ir direto à estação rodoviária de Edimburgo em St Andrew Square, e procurar o guichê onde se compra passagens. Expliquei como se locomover em Edimburgo neste post aqui

Dá para pegar o ônibus na Princes Street e em outras paradas como Haymarket também e também dá para comprar a passagem direto com o motorista. Mas… eu adoro conhecer as rodoviárias européias!

Se for voltar no mesmo dia, é possível comprar ida e volta no mesmo tícket. A atendente vai entregar um papel escrito Day return.

A empresa que faz essa linha é a Stagecoach. E tem que prestar atenção aos horários. De dia é tranquilo, mas a partir do anoitecer os ônibus vão ficando mais escassos e param de circular totalmente a partir de um certo horário. Veja aqui, os horários.

Assim que a gente chega à cidade, o ônibus faz uma decida e a gente vê esse pedacinho do centro:

Centro de South Queensferry

Centro de South Queensferry

Daqui o ônibus vai para a esquerda. É hora de prestar atenção ao momento em que o ônibus passa embaixo da Forth Road Bridge.

Caminho para o acesso a via de pedestres da Forth Road Bridge

Para chegar ao acesso de pedestres/ciclovia da Foth Road Bridge a maneira mais segura é pedir ao motorista para te avisar onde saltar. Eles são super atenciosos e avisam mesmo.

Passagem sob a Forth Road BridgeMas de qualquer forma, assim que vir as colunas que sustentam a ponte, salte do ônibus, e suba a pé um caminho asfaltado até a ponte. Para atravessar para o outro lado, é só descer as escadas, andar pela passagem subterrânea e sair do outro lado, ou seja, o lado que dá vista para a Forth Bridge, que sem dúvida é o mais legal!

Detalhe importantíssimo: é absolutamente seguro! Enquanto caminhava pela ponte, haviam fotógrafos com equipamentos caríssimos, ciclistas e corredores passavem a todo instante e até mães com carrinho de bebê passaram por mim.

Chegando do outro lado é só subir as escadas e voilà!

Forth Road Bridge -caminho para o acesso a via de pedestres e ciclovia

Forth Road Bridge -caminho para o acesso a via de pedestres e ciclovia a partir da parada do ônibus

Forth Road Bridge - Google Maps

Forth Road Bridge – Google Maps

É só começar seu passeio pela Forth Road Bridge! E ver a Forth Bridge iluminada para o seu espetáculo noturno!

Forth Bridge à noite vista de Forth Road Bridge

Forth Bridge à noite vista de Forth Road Bridge

É um ótimo bate e volta a partir de Edimburgo, mas sinceramente se eu estivesse viajando eu acho que dormiria por lá. O Inkeeper’s Lodge é bem em frente ao ponto de partida dos passeios de barco e super “falado”. E bem no início da High Street está o Orroco Pier Hotel, que tem uma vista deslumbrante!

Acordar na cidade e depois de um típico café da manhã passear pelo lugar e depois entrar num barco deve ser o máximo!

O Mala de Rodinha e Nécessaire nas redes sociais:

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebook: www.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

E para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

E veja nossa página no Google+

 

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos.
Estou no Google + – +
Celina Martins
-
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditTweet about this on TwitterEmail this to someone

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos. Estou no Google + - + Celina Martins -
Related Posts

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>