Potsdam – bate-e-volta de Berlim

Na primeira vez que estive em Berlim não consegui conhecer Potsdam. Por isso separei um dia inteiro dessa vez, para conhecer essa cidade. Por que conhecer Potsdam? História! O palácio Sanssouci, o  de Charlottenhof, a famosa ponte Glienick – (a ponte dos espiões). Além disso, Potsdam foi o local escolhido para a conferência entre Churchil (Inglaterra), Stalin (União Soviética), e Truman (Estados Unidos) para negociar os termos do fim da guerra, em agôsto de 1945.

Potsdam

Potsdam – Centro histórico

Como ir de Berlim a Potsdam?

Passeio a Potsdam

Passeio a Potsdam

Não é a única mas é a mais prática. Na estação Friedrichstraße pegue a linha S7 na direção Potsdam. Se estiver mais perto da estação de Hackescher markt ou Alexander Platz, essa linha também passa por elas.

Antes de uma hora de viagem, chegamos a Potsdam.

 

 

 

 

Trem para Potsdam

Trem para Potsdam

A estação de trem de Potsdam parece um mini – shopping. Resistimos às lojas, mas não ao cheiro gostoso dos restaurantes. Aproveitamos para forrar o estômago. Depois, na própria estação, compramos os bilhetes para o ônibus trurístico que sai de meia em meia hora bem em frente à estação.

Potsdam - estação de trem

Potsdam – estação de trem

ônibus turístico Potsdam

ônibus turístico Potsdam

O ônibus turístico funciona como todos os outros. Ele para nos pontos turíticos, a gente pode descer, passear, fotografar, voltar ao ponto e esperar o próximo. Primeira parada? Exatamente na famosa ponte Glienick.

Ponte Glienick

Ponte Glienick

Eu não sei você, mas pisar num lugar histórico, ainda mais com uma vista dessas, é sempre um momento mega emocionante durante uma viagem. O passeio continua pelos bairros da cidade. São quilômetros de casas lindas, ruas tranquilas, jardins… Fiquei imaginando essa cidade, esse país tão lindo durante a guerra…

Mais para a frente o tão esperado Palácio de Sanssouci!

Moinho - chegando a Sanssouci

Moinho – chegando a Sanssouci

Sanssouci

Ser rei deve ser bom mesmo! Olha isso!

Sanssouci - vista

Sanssouci – vista

Essa essa pequena morada era só para o rei da Prussia, Frederico o Grande, passar o verão. Ele queria cultivar ameixas, figos e uvas (essas últimas para fazer vinho, é claro!)

Sanssousci

E dá uma olhada no palácio!

Sanssouci - vista

Sanssouci

Daqui, pegamos o bus turístico e voltamos ao centro histórico. Potsdam tem um Portão de Brandemburgo para chamar de seu!

Portão de Brandemburgo - Potsdam

Portão de Brandemburgo – Potsdam

E em Branderburger Strasse acontecia uma alegre feirinha com gostosuras alemães.

Portão de Brandemburgo - Potsdam

Portão de Brandemburgo – Potsdam

Brandenburger Strasser - Potsdam

Brandenburger Strasser – Potsdam

Nessa rua também há vários restaurantes e lojas fofas. Controle na carteira viu? Se não ela simplesmente pula da sua bolsa e sozinha será capaz de comprar tudo o que vir pela frente.

Brandenburger Strasser - PotsdamBrandenburger Strasser - Potsdam

Brandenburger Strasser – Potsdam

Se fosse a viagem dos sonhos, sem data para terminar… sim, ficaria mais um dia em Potsdam e conheceria todos os pontos turísticos. Mas como eu pretendo voltar à Berlim, fica pra a próxima vez.

Mais pots sobre Berlim aqui.

Hotéis em Potsdam aqui.

Meu hotel querido em Berlim? Meininger Hotel Mitte

Não se esqueça do seguro saúde! Faz a cotação aqui

Mondial

Pesquise, encontre e reserve seu hotel:

E para economizar tempo e dinheiro compre antes seus ingressos e fure as filas para as atrações:

TicketBar

 

Siga o Mala de Rodinha e Nécessaire no Twitter @maladerodinha

Curta a nossa Fanpage no Facebook: www.facebook.com/MaladeRodinhaeNecessaire

E para ver nossas fotos no Instagram: instagram.com/celinamartins

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos.
Estou no Google + – +
Celina Martins
-
Gostou? Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditTweet about this on TwitterEmail this to someone

written by

Sou professora por formação, artista plástica, designer e blogueira, mas gosto mesmo é de ser nômade. Moro seis meses na Europa quando aproveito para viajar, e seis meses no Brasil, praticamente na ponte entre o Rio de Janeiro e Niterói. Eu moro onde estão meus sapatos. Estou no Google + - + Celina Martins -

5 Responses to "Potsdam – bate-e-volta de Berlim"

  1. ginapsi says:

    Realmente, é lindo! Já está na minha lista. Que bom ver vc “viajando na viagem”!!!

    Responder
  2. Patricia Blower says:

    Delicia! E grandes recordações!!!!

    Responder
  3. Eulalia Fernandes says:

    Querida, que bom que voltou a escrever!
    Sou simplesmente apaixonada pelos seus posts.
    E que passeio lindo! que palácio!!! Quantas histórias pelo mundo para visitar…
    Viajo com você a cada vez!!!

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>